Dicas para pedir aumento

2 06 2010
http://gerentebeminformado.blogspot.com

Agora o blog está em outro endereço (http://gerentebeminformado.blogspot.com/) com novo layout e novas notícias. Clique na imagem abaixo e nos acompanhe.

Em algum momento da nossa carreira precisamos pedir um aumento. E nada mais justo do que pedir um aumento se você tem dado resultado, superado metas, mas seu salário está defasado. Negociar um aumento, no entanto, requer táticas próprias e estratégias bem delineadas.

Abaixo enumerei algumas dicas valiosas que podem ajudá-lo a dar o primeiro passo

  1. Liste todas as contribuições que você já fez até agora para a empresa – organize os argumentos. Avalie se é o momento certo, se a empresa vive um período de bons resultados e se a economia do país vai bem;
  2. Na hora de abordar seu chefe, fale com convicção;
  3. Detenha-se em suas realizações e no potencial que você possui para contribuir ainda mais pela empresa;
  4. Evite comparações com outros profissionais, do tipo “eles ganham mais do que eu e fazem menos “. Esse tipo de postura só prejudica sua imagem e certamente causará uma má impressão sobre sua conduta. Procure ater-se ao seu desempenho e aos desafios que está disposto a enfrentar;
  5. Jamais apele para as seguintes alegações: “Chego sempre no horário, nunca falto, cumpro com as minhas responsabilidades”. Como bem disse, você não está fazendo nada mais do que a sua obrigação de funcionário e profissional;
  6. Procure também fugir da armadilha que muitos usam para valorizar o passe, como blefar sobre uma outra proposta de emprego. Se de fato há um convite do concorrente, por exemplo, seja o mais honesto possível e avalie se vale a pena arriscar. Pense bem porque o tiro pode sair pela culatra e o seu emprego também.
  7. Agora, se de fato seu salário está defasado em relação ao mercado, procure reunir dados consistentes, de fontes confiáveis. São informações que podem ser apresentadas como parte de seus argumentos. Se você fez um MBA ou um curso de especialização, use-os como arma para sua negociação.

Lembre-se que essa é uma tarefa que não deve ser encarada como uma batalha, mas um passo para o reconhecimento do seu trabalho.

Este post foi uma adaptação de um post da HSM.

O que vocês acharam? Avaliem o post e comentem.

Um abraço para todos.








%d blogueiros gostam disto: