Apple vende dois milhões de iPads em menos de 60 dias

31 05 2010
http://gerentebeminformado.blogspot.com

Agora o blog está em outro endereço (http://gerentebeminformado.blogspot.com/) com novo layout e novas notícias. Clique na imagem abaixo e nos acompanhe.

Apple anunciou que ultrapassou a marca de dois milhões de iPads vendidos em pouco menos de 60 dias desde o seu lançamento, em 3 de abril.

Os usuários ao redor do mundo estão experimentando a mágica do iPad e aparentam o estar adorando tanto quanto nós. Agradecemos a paciência deles e estamos trabalhando pesado para construir iPads em quantidade suficiente para todos”, disse Steve Jobs, CEO da Apple.

Uma boa notícia para falar no cafezinho.

Um abraço a todos.

Notícia da MacMagazine.

Anúncios




Dilbert – O Chefe nunca erra

31 05 2010
http://gerentebeminformado.blogspot.com

Agora o blog está em outro endereço (http://gerentebeminformado.blogspot.com/) com novo layout e novas notícias. Clique na imagem abaixo e nos acompanhe.

Moral da história: O chefe não erra! Ele pode se enganar, movido por informações erradas.

Caso real: Em visita a uma empresa, conversava com o gerente, quando chegou um cliente para reclamar de um erro no faturamento do seu pedido. Queria uma solução imediata do problema, pois tinha pressa. Antes de o cidadão agir para resolver, foi à caça de quem falhou, atribuindo logo a culpa a um estagiário, que se defendeu com uma autorização assinada pelo próprio gerente. Não se dando por satisfeito, falou que isso era falta de atenção da equipe, pois alguém deveria ter descoberto o erro e consertado a tempo. O certo é que para essas pessoas haverá sempre um culpado. E onde há estagiário, então, os chefes nunca erram. Coitado dos estagiários!


Você tem algum outro caso real? Cite ele como comentário.

Um abraço a todos.





Motivação da TAM para a Seleção Brasileira

30 05 2010
http://gerentebeminformado.blogspot.com

Agora o blog está em outro endereço (http://gerentebeminformado.blogspot.com/) com novo layout e novas notícias. Clique na imagem abaixo e nos acompanhe.

A Seleção Brasileira de Futebol já está na África do Sul, mas durante o trajeto a TAM realizou algumas ações motivacionais.

Mas por que realizar esta motivação? Recentemente ouvi a seguinte declaração: Ninguém motiva ninguém, cabe a cada ser humano a tarefa de se auto-motivar.

Eu não concordo com isso, pois é muito mais cômodo para os gestores de empresas colocar esta responsabilidade de realizar a motivação, que também é dos deles, somente nas mãos das pessoas que trabalham na empresa.

O que motiva a grande maioria das pessoas são os desafios, estamos querendo sempre nos superar. Aí está a importância da motivação.Imagine uma equipe que trabalha somente com o objetivo de cumprir o que foi pré estabelecido sem levar em consideração as vontades individuais das pessoas envolvidas. Provavelmente será um fracasso, um time apático, vivendo para o dia a dia, sem visão de futuro.

O que queremos como seres humanos é a possibilidade de realizarmos nossos sonhos.Trabalhar em uma empresa que nos dá esta possibilidade, é tudo que precisamos para visualizar nosso dia com outros olhos, tornando-o mais contagiante.

Desta maneira, formamos pessoas que irão dar todo o seu potencial para atingir esta realidade, e assim criamos times fortes e realizados.

Cabe aos gestores de empresas criar nas organizações, condições para que as pessoas realmente consigam sentir esta realidade. A TAM ajudou e muito o Dunga realizar a motivação da Seleção Brasileira, para trazer o Hexa para o Brasil.

Imagine que você vai pegar um avião para ir jogar uma Copa do Mundo e chega e vê um avião como nas fotos abaixo. Como seria sua reação?


Acredito que para os jogadores e comissão técnica já foi uma grande surpresa.

Mas a motivação não pará por ai, pois quando o avião estava levantando vôo, o seguinte vídeo estava em execução.

Como você acha que ficou a vontade da seleção de ganhar a copa após tudo isso? Eu entendo que ficou muito alta..

Meus parabéns a TAM por isso. E vamos ao HEXA!!

Um abraço a todos.





Como entrevistar alguém para uma vaga de emprego?

28 05 2010
http://gerentebeminformado.blogspot.com

Agora o blog está em outro endereço (http://gerentebeminformado.blogspot.com/) com novo layout e novas notícias. Clique na imagem abaixo e nos acompanhe.

Entrevistar alguém para uma vaga é um rotina. Um outro problema é ter tempo para se preparar para esta entrevista. Como fazer nestes casos?

Com o objetivo de ajudar neste caso, temos algumas dicas para aumentar suas  chances de encontrar um ótimo candidato para suas vagas serão maiores.

1. Descreva a vaga
Isso mesmo, não adianta só botar o nome do cargo e achar que ele já diz tudo. Detalhe o que se faz nessa posição, de que maneira se faz, com quem se vai trabalhar diretamente, qual resultado se espera alcançar, quais áreas são diretamente ligadas a posição etc.

Essa descrição ajudará tanto o RH (ou o headhunter) a direcionar seus esforços na direção que você quer e precisa.

2.Visualize o candidato Ideal
– vá além das habilidades profissionais que você acha que ele deve ter. Pense em como ele é com a equipe, como ele age em relação a você. Isso o ajudará a identificar um possível escolhido quando tiver um na sua frente. Afinal como você saberá que encontrou se nem sabe o que está procurando?

Tome muito cuidado com exageros ou idealizações extremas como essa aqui – Só isso?

3. Leia todo o currículo
e também a carta (ou e-mail) de apresentação de cada candidato, do começo ao fim, de trás pra frente, procure por questões que você queira esclarecer durante a entrevista como uma dispensa precoce em alguma empresa ou uma ou outra função não muito clara pra você.

4. Faça uma lista de perguntas específica para a vaga.
Para isso que serviram as dicas 1 e 2. Pense: O que você precisa saber sobre o candidato para preencher esta vaga?

5. Faça perguntas abertas
perguntas abertas são aquelas que exigem uma elaboração da resposta por parte do candidato e não apenas um simples sim ou não.
Por exemplo: Você pergunta para o candidato
–       Você trabalha bem em equipe? (qual você acha que será a resposta de todo e qualquer candidato? Sim!!!!!)
Agora se você faz a mesma pergunta mas de forma aberta…
–       Como o trabalho em equipe contribui na execução do seu trabalho?
–       Como você é trabalhando em equipe e qual seria um exemplo disso?
–       Como você agiria numa situação X?

Realizando uma Entrevista

Esta última pergunta nos leva a próxima dica que é…

6.Faça de conta
Apresente cenários hipotéticos e pergunte as soluções para situações que ocorrem no dia a dia da vaga pretendida.
–       O que você faria se…

–       Como você solucionaria o seguinte problema? Um fornecedor…
Dessa forma você tem a oportunidade de checar o candidato na tomada de decisão e solução de problemas.

7. Esclareça os pontos obscuros do currículo dele como descrição de função ou mobilidade extrema

8. Entrevista é uma via de mão dupla
Ao mesmo tempo em que você entrevista seu candidato ele também está de certa forma entrevistando a pretensa empresa em que trabalhará (ou não).
De que maneira você vai vender o peixe de sua empresa? (sim é sua função fazer isso também)

9. Deixe bem claro quais serão os próximos passos após encerrada a entrevista.
Agradeça a participação da pessoa no processo e diga ou escreva o que ela deve esperar. Em quantos dias a resposta virá, se ela precisa dar retorno ou não, se existem outras etapas no processo, enfim tudo aquilo que deixará a pessoa mais sossegada e sem te azucrinar enviando e-mails para saber se o emprego é dela ou não.
A maior reclamação de candidatos (eles tem até fórum na internet para discutir processos de seleção mal feitos) é sobre a falta de informações após as entrevistas. Não entre para essa lista negra, ela pode custar caro para você e sua empresa

Então agora, quando você esquecer daquela entrevista vem aqui no Blog e veja estas dicas.

O texto foi adaptado do blog do Comunicar é Preciso.

Bom é isso, espero que tenha ajudado e um abraço a todos.

Sim, a boa e velha entrevista de emprego resistiu as inovações tecnológicas e mantém-se no topo da lista das ferramentas de contratação de novos colaboradores.  Mesmo com a  especialização de empresas de headhunting, com o reconhecimento das áreas de RH nas empresas, com as indicações pipocando aos montes pelos twitters, linkedins e facebooks da vida e o desenvolvimento de diversas ferramentas de avaliação e análise de perfil, nada supera um Téte-a-Téte na hora de bater o martelo.

E é ai que a coisa pode desandar. O Departamento de RH pede ao gestor da área X (que está em processo de contratação) se ele pode entrevistar alguns candidatos pré-selecionados pois ninguém melhor que ele para saber qual perfil de colaborador se encaixa com o resto equipe ou não. Ele responde “tudo bem pode mandar o pessoal aqui na semana que vem.” E esquece completamente da entrevista.

Na semana seguinte os candidatos estão na antesala do gestor, quando ele chega e pergunta `a sua assistente quem são aquelas pessoas e dai lembra-se que devia ter visto os curriculos e analisado a descrição da vaga em questão.

Tudo bem Regina, me dá 5 minutos e manda o primeiro entrar.

O gestor entra faz uma busca em suas coisas, uma busca na internet, pega papel e caneta, procura pelos curriculos (que ele tem certeza que deixou em algum lugar) respira fundo e vamo que vamo!

Algumas semanas depois ele desabafa com um colega da empresa sobre o péssimo trabalho que o RH fez ao indicar o Roberval para a vaga que ele precisava e que agora teria de fazer o processo todo novamente por causa disso.

Essa é uma história fictícia, mas que acontece cotidianamente nas empresas por pura falta de preparação, organização ou simplesmente saber o que fazer.

Se você foi encarregado de conduzir uma entrevista de emprego siga estas simples dicas e suas chances de encontrar um ótimo candidato serão maiores.

1. Descreva a vaga –

Isso mesmo, não adianta só botar o nome do cargo e achar que ele já diz tudo. Detalhe o que se faz nessa posição, de que maneira se faz, com quem se vai trabalhar diretamente, qual resultado se espera alcançar, quais áreas são diretamente ligadas a posição etc.

Essa descrição ajudará tanto o RH (ou o headhunter) a direcionar seus esforços na direção que você quer e precisa.

2.Visualize o candidato Ideal
– vá além das habilidades profissionais que você acha que ele deve ter. Pense em como ele é com a equipe, como ele age em relação a você. Isso o ajudará a identificar um possivel escolhido quando tiver um na sua frente. Afinal como você saberá que encontrou se nem sabe o que está procurando?

Tome muito cuidado com exageros ou idealizações extremas como essa aqui – Só isso?

3. Leia todo o curriculo
e também a carta (ou email) de apresentação de cada candidato, do começo ao fim, de trás pra frente, procure por questões que você queira esclarecer durante a entrevista como uma dispensa precoce em alguma empresa ou uma ou outra função não muito clara pra você.

4. Faça uma lista de perguntas específica para a vaga.
Para isso que serviram as dicas 1 e 2. Pense: O que você precisa saber sobre o candidato para preencher esta vaga?

5. Faça perguntas abertas –
perguntas abertas são aquelas que exigem uma elaboração da resposta por parte do candidato e não apenas um simples sim ou não.
Por exemplo: Você pergunta para o candidato
–       Você trabalha bem em equipe? (qual você acha que será a resposta de todo e qualquer candidato? Sim!!!!!)
Agora se você faz a mesma pergunta mas de forma aberta…
–       Como o trabalho em equipe contribui na execução do seu trabalho?
–       Como você é trabalhando em equipe e qual seria um exemplo disso?
–       Como você agiria numa situação X?
Esta útlima pergunta nos leva a próxima dica que é…

6.Faça de conta
Apresente cenários hipotéticos e pergunte as soluções para situações que ocorrem no dia a dia da vaga pretendida.
–       O que você faria se…
–       Como você solucionaria o seguinte problema? Um fornecedor…
Dessa forma você tem a oportunidade de checar o candidato na tomada de decisão e solução de problemas.

7. Esclareça os pontos obscuros do curriculo dele como descrição de função ou mobilidade extrema

8. Entrevista é uma via de mão dupla
Ao mesmo tempo em que você entrevista seu candidato ele também está de certa forma entrevistando a pretensa empresa em que trabalhará (ou não).
De que maneira você vai vender o peixe de sua empresa? (sim é sua função fazer isso também)

9. Deixe bem claro quais serão os próximos passos após encerrada a entrevista.
Agradeça a participação da pessoa no processo e diga ou escreva o que ela deve esperar. Em quantos dias a resposta virá, se ela precisa dar retorno ou não, se existem outras etapas no processo, enfim tudo aquilo que deixará a pessoa mais sossegada e sem te azucrinar enviando emails para saber se o emprego é dela ou não.
A maior reclamação de candidatos (eles tem até fórum na internet para discutir processos de seleção mal feitos) é sobre a falta de informações após as entrevistas. Não entre para essa lista negra, ela pode custar caro para você e sua empresa

E por fim,
Faça o que eu digo e ninguém sairá ferido (tudo bem essa última você pode ignorar)
Bjs, abs e piparotes!





Sua vida em estatísticas

28 05 2010
http://gerentebeminformado.blogspot.com

Agora o blog está em outro endereço (http://gerentebeminformado.blogspot.com/) com novo layout e novas notícias. Clique na imagem abaixo e nos acompanhe.

Já pensou em ter características suas em um info-gráfico, uma espécie de indicador de você mesmo?

É difícil fazer uma análise imparcial sobre o quanto hábitos e preferências pessoais fazem de você uma pessoa “comum” ou “exótica”?

Isso é possível de ser feito no site da ÌonZ, respondendo algumas perguntas simples em português você terá o seu info-gráfico, te comparando com outras pessoas que também fizeram.Você pode ainda alterar algumas parâmetros como cor dos destaques, foto e uma mensagem. Além disso no final você pode salvar uma imagem para utilizar como papel de parede.

Este é o Rodrigo Vital, e você como é?

Faça o seu próprio info-gráfico no site da ÍonZ e poste aqui o link do seu info-gráfico.

Um abraço para todos.





Como participar de uma reunião de trabalho

28 05 2010
http://gerentebeminformado.blogspot.com

Agora o blog está em outro endereço (http://gerentebeminformado.blogspot.com/) com novo layout e novas notícias. Clique na imagem abaixo e nos acompanhe.

Quando você leva uma pessoa para participar de uma reunião, o que você espera dela? Deve apenas ouvir, ficar calada, ou posso contestar o que for discutido?

Pensando nisso encontrei o seguinte texto que pode nos ajudar um pouco.

Outro dia levei uma pessoa para participar de uma reunião de apresentação de trabalhos. Eu já vinha comentando com ela que as reuniões de negócios são uma grande oportunidade pois é durante elas que a gente transmite a nossa filosofia de trabalho, que resume todo o nosso esforço de produção de conteúdo e define claramente os nossos objetivos com o nosso trabalho.

Era sua primeira experiência. E sua reação foi positivamente surpreendente para mim. Ela não só participou da conversa como também contestou alguns comentários feitos por alguns dos participantes. Ao sair da sala ela me disse que não sabia qual seria a minha reação com relação à atitude dela em ter falado durante a reunião mas uma coisa era certa para ela: que ela não foi para a reunião para ficar parada apenas ouvindo os demais ou mais, como enfeite.

Reunião

O que ela me disse é uma verdade. Se as pessoas são convidadas para uma reunião, elas devem ser participantes, assim entendendo que elas devem se envolver com o que está sendo tratado ali, e não apenas ficar como enfeites, o que é, aliás, é um papel que muitas pessoas costumam adotar.

Muita gente não tem o costume de “participar” de reuniões. Vai para marcar presença, ou para fazer número, para ser figurante. Só se manifesta se for solicitado. Parece que nada lhe interessa. Apatia completa.

Quem se interesse por uma reunião sabe o quanto é importante se preparar para ela. Seja identificando assuntos que possam ser discutidos. Seja elaborando dados e informações adicionais. Seja pelo menos levando um pedaço de papel ou caneta para anotações. Eu mesmo não consigo entender como as pessoas agendam reuniões e não levam nada consigo, nem anotações, nem material, nem idéias. (Assunto já abordado no post “O que levar em uma reunião“)

Quem sai de uma reunião com apenas informações perdeu um tempo precioso na vida. Nem deveria ter ido para a reunião. Talvez acredite que vai se lembrar de tudo o que se tratou. A memória nos dias atuais já anda meio falha e não demora mais do que meia hora para se esquecer 30% do que se ouviu em algum lugar.

Isso me faz lembrar uns tempos passados quando se participava de reuniões, se elaborava atas, se anotava nomes e formas de contatos com os participantes e ainda todos assinavam a presença. Mas os tempos são outros. Coisas de modernidade.

Desta forma, quando for chamado para um reunião lembre-se: A sua opinião é muito importante, você tem que se envolver, se não a sua presença não está acrescentando nada.

Em um outro post vamos falar de como realizar e conduzir reuniões de forma eficaz.

O texto foi adquirido do site Dicas Profissionais.

Bom é isso, espero que tenha ajudado e um abraço a todos.





As 20 Piores Frases no Trabalho

27 05 2010
http://gerentebeminformado.blogspot.com

Agora o blog está em outro endereço (http://gerentebeminformado.blogspot.com/) com novo layout e novas notícias. Clique na imagem abaixo e nos acompanhe.

Algumas frase reais que acontecem nas empresas.

  • Não, não, esse não é o vale refeição, é o seu salário mesmo.
  • 8:15, só mais sete horas e quarenta e cinco minutos para isso terminar.
  • Se a cerveja estivesse tão gelada quanto os salgadinhos, esse happy hour seria perfeito.
  • Você foi demitido, o Pedrão, o amante da sua mulher vai ficar no seu lugar.
  • Você foi demitido, a Patrícia, ah, você já sabe o resto né?
  • Não aguento mais esse emprego, acho que vou largar tudo e virar carcereiro.
  • Infelizmente o nosso plano de saúde não cobre os membros inferiores.
  • Pensa bem, são só mais 27 anos e 8 meses para a aposentadoria.
  • Não é trabalho infantil, eles são todos pigmeus escravos.
  • Bônus? Que bônus? Sinta-se grato de ainda ter emprego.
  • Não esquenta, o chefe só fica violento assim quando bebe pouco no almoço.
  • O ambiente até que não é tão insalubre, os ratos não reclamam.
  • Meu chefe é um mala, o salário é ruim, benefícios não existem. Só venho aqui mesmo pelo cafezinho que a tia faz de manhã, uma delícia.
  • Tem um lado positivo, conheci um cara que sofreu o mesmo acidente e virou presidente.
  • Não entenda isso como uma demissão, mas como uma promoção ao mercado de trabalho.
  • Até que para um imbecil, você não é tão incompetente.
  • Esse é o Jair, nosso estagiário. Ele já está com a gente faz dez anos.
  • Você não é pago para pensar (essa eu já ouvi).
  • O ambiente aqui na empresa anda tão pesado que o João tirou férias no inferno e voltou renovado.
  • Esse anos vamos dar um Cinto e um Cestão de natal para os funcionários: Sinto muito, ces tão fu…
  • Tem algumas muito boas, algumas são mais fracas..

As frases são do blog Tribro do Mouse.

Um abraço para todos.

, não, esse não é o vale refeição, é o seu salário mesmo.

8:15, só mais sete horas e quarenta e cinco minutos para isso terminar.

Se a cerveja estivesse tão gelada quanto os salgadinhos, esse happy hour seria perfeito.

Você foi demitido, o Pedrão, o amante da sua mulher vai ficar no seu lugar.

Você foi demitido, a Patrícia, ah, você já sabe o resto né?

Não aguento mais esse emprego, acho que vou largar tudo e virar carcereiro.

Infelizmente o nosso plano de saúde não cobre os membros inferiores.

Pensa bem, são só mais 27 anos e 8 meses para a aposentadoria.

Não é trabalho infantil, eles são todos pigmeus escravos.

Bônus? Que bônus? Sinta-se grato de ainda ter emprego.

Não esquenta, o chefe só fica violento assim quando bebe pouco no almoço.

O ambiente até que não é tão insalubre, os ratos não reclamam.

Meu chefe é um mala, o salário é ruim, benefícios não existem. Só venho aqui mesmo pelo cafezinho que a tia faz de manhã, uma delícia.

Tem um lado positivo, conheci um cara que sofreu o mesmo acidente e virou presidente.

Não entenda isso como uma demissão, mas como uma promoção ao mercado de trabalho.

Até que para um imbecil, você não é tão incompetente.

Esse é o Jair, nosso estagiário. Ele já está com a gente faz dez anos.

Você não é pago para pensar (essa eu já ouvi).

O ambiente aqui na empresa anda tão pesado que o João tirou férias no inferno e voltou renovado.

Esse anos vamos dar um Cinto e um Cestão de natal para os funcionários: Sinto muito, ces tão fu…








%d blogueiros gostam disto: